top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Welbert

Bancos de sangue em Divinópolis estão baixos, informa Hemominas

Tipos O- e O+ acusaram baixa em torno de 48% e estão em situação mais crítica


Paciente recebe sangue doado (Foto: EBC)

Apenas dois dos oito tipos sanguíneos estão com estoques aceitáveis de bolsas de sangue na Fundação Hemominas, em Divinópolis. Os outros seis tipos estão em situação crítica e de alerta, segundo atualização recente do banco de dados da instituição.



Segundo os dados da Hemominas, os tipos O- e O+ acusaram baixa em torno de 48% e estão em situação mais crítica. Já os tipos A e B positivos e negativos apontaram situação de alerta, segundo informações repassadas pela fundação.



Desde o início da pandemia a Hemominas tem registrado queda no número de doação de sangue. A expectativa era de que, com o maior controle da covid-19, as doações voltassem a crescer - o que não tem ocorrido.



Para a instituição, é urgente que as pessoas com boas condições de saúde voltem a doar sangue com regularidade. Além do agendamento prévio, para doar sangue a pessoa precisa ter boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50 quilos. Independente do sexo, os doadores devem respeitar o intervalo mínimo de seis meses entre as doações.


Com informações do "G1"


6 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page