Buscar
  • Ricardo Welbert

Batida entre carro e caminhonete mata 2 na MG-050 em Itaúna; policial civil é uma das vítimas

Filipe Dias Corgosinho, investigador da Polícia Civil em Divinópolis, dirigia o carro


À frente: carro que era ocupado por investigador e passageiro; atrás: caminhonete atingida (Foto: Reprodução de mídias sociais)

Um trecho da MG-050 em Itaúna foi palco de um trágico acidente na manhã desde domingo (8). De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, um carro e uma caminhonete bateram por volta das 9h, no km 108. Duas pessoas que estavam no carro morreram no local: o motorista, de 36 anos, e o passageiro, de 26.


1️⃣ Participe do grupo de notícias 1 da MAIS! no WhatsApp

2️⃣ Participe do grupo de notícias 2 da MAIS! no WhatsApp


O motorista era Filipe Dias Corgosinho, investigador da Polícia Civil em Divinópolis. O carro que ele dirigia seguia de Itaúna para Divinópolis e a caminhonete trafegava pelo sentido contrário. Na hora do acidente, o carro de Felipe rodou na pista e invadiu a contramão, batendo de lado na caminhonete.


Na caminhonete estavam três pessoas, que tiveram ferimentos leves. Elas foram socorridas pelo Samu e levadas a um hospital.


Policiais atuaram no controle do trânsito (Foto: Reprodução de mídias sociais)

A pista precisou ser interditada por alguns minutos para atendimento às vítimas.


Peritos da Polícia Civil analisaram a cena do acidente e depois os dois corpos foram liberados para o Instituto Médico Legal.


Homenagens


A Polícia Civil publicou uma nota de pesar comunicando o falecimento do servidor. Parte do texto diz: "Aos nossos familiares, colegas e amigos do policial civil, os nossos mais sinceros sentimentos pela irreparável perda".


Câmara de Divinópolis decretou luto oficial de três dias e também emitiu uma nota pesar na qual reconhece os serviços prestados pelo investigador à segurança pública. "A Câmara lamenta a partida precoce de um investigador honrado que tanto contribuiu no combate à criminalidade no município".


Filipe Dias Corgosinho, investigador da Polícia Civil em Divinópolis (Foto: Divulgação)

88 visualizações0 comentário