Buscar
  • Ricardo Welbert

Casos de gripe lotam UPA de Nova Serrana


Além de sobrecarga de pacientes, saúde pública tem equipes defasadas por covid-19 (Foto: PMNS/Divulgação)

A UPA de Nova Serrana tem sido procurada por muitos pacientes com sintomas de gripe. Só nesta segunda-feira (17) a unidade atendeu quase 500 pessoas, com seis médicos. A secretária de Saúde, Gláucia Sbampato, explica que, em alguns casos, os postos de saúde precisam ser procurados.



Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


Conforme Sbampato, por causa do aumento no número de casos de síndrome gripal, o Município está com todas as unidades de saúde no limite de atendimento. A secretária pode à população que só procure a Unidade de saúde em casos realmente necessários.


“A nossa UPA está atendendo em torno de 500 pessoas por dia e grande maioria apresentando síndrome gripal. Então nós pedimos a colaboração da população, que realmente só procure a unidade de saúde em casos necessários. A nossa UPA está atendendo em torno de 500 pessoas por dia e a grande maioria apresentando síndrome gripal”.

Entre as medidas adotadas estão o aumento nos números de atendimentos, de equipes e adequação dos espaços físicos. Mas, precisa contar com a colaboração da população.


“Muitas pessoas retornando agora de férias, das viagens, fábricas reabrindo. Precisamos trabalhar pelo bem comum. Não medimos esforços aqui para adequar os espaços, as unidades básicas de saúde, os PSFs e a gente conta com a colaboração de todos”.

Equipes sob licença médica


A secretaria alerta ainda que, por causa do surto de gripe, alguns médicos e outros profissionais de saúde também estão afastados do trabalho. Por isso, é preciso ter paciência na espera por atendimento.


Outra orientação é a adoção de medidas de prevenção às doenças respiratórias, como uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social.



21 visualizações0 comentário