Buscar
  • November Magic

Cidades atingidas por chuvas vão contar com antecipação de benefícios


Mulher tenta limpar área atingida por enxurradas (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Moradores das cidades atingidas pelas fortes chuvas dos últimos dias vão contar com antecipação do pagamento de benefícios previdenciários e assistenciais administrados pelo INSS. A medida foi autorizada na noite de sexta-feira (18) pelo ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, e publicada em edição extra do Diário Oficial da União.


Os municípios de Petrópolis, no Rio de Janeiro, Canapi, em Alagoas e Teresina de Goiás, no norte goiano, serão beneficiados pela ação. Nessas localidades, o cronograma de pagamento da competência de março será antecipado para o primeiro dia útil do calendário e enquanto perdurar a situação de calamidade.


A portaria também prevê o adiantamento no valor correspondente a renda mensal do benefício previdenciário ou assistencial aos segurados do INSS. O valor deverá ser ressarcido em até 36 parcelas, a partir do terceiro mês seguinte ao da antecipação.


A Agência da Previdência Social em Petrópolis, que estava funcionando com atendimento parcial, deve retomar o atendimento regular nesta segunda-feira (21). Os segurados precisam entrar em contato pela Central 135, pelo site ou aplicativo Meu INSS para solicitar agendamento.


Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


Neste sábado, o governo federal autorizou o repasse de mais R$ 644 mil para locação de 60 veículos para ações de socorro e assistência às ações de defesa civil na cidade de Petrópolis. Até o momento, quase R$ 3 milhões foram liberados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional para atendimento à população e limpeza do município.


O governo federal informa que terá em caixa cerca de R$ 2 bilhões para auxiliar municípios de todo o país atingidos por desastres naturais. Os recursos são provenientes de quatro medidas provisórias, três delas já publicadas, que autorizam crédito extraordinário aos ministérios do Desenvolvimento Regional, da Cidadania e da Infraestrutura.


Segundo o último boletim divulgado pela Defesa Civil de Petrópolis, o número de mortes chegou a 171.


0 visualização0 comentário