Buscar
  • Ricardo Welbert

Com infestação alta, Nova Serrana terá 2º levantamento do ano


Focos do mosquito Aedes aegypti (Foto: PMNS/Divulgação)

A partir da próxima segunda-feira, dia 2 de maio, será feito em Nova Serrana mais um Liraa (Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya).


Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


De acordo com a Vigilância Epidemiológica, será o segundo desse ano. O primeiro mostrou um aumento preocupante de casos, inserindo a cidade no nível de classificação de alto risco, com uma média de 7,6 no índice de infestação.


A ideia é finalizar o levantamento no dia 6, conforme cronograma da Secretaria Regional de Saúde.


Estratégias


O objetivo do Liraa é identificar áreas com maior ocorrência de focos do mosquito e os seus criadouros. A partir desse levantamento podem ser intensificadas as ações em locais com maior presença do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e da chikungunya.


A Vigilância Epidemiológica alerta para a importância da participação da população nesse processo. Toda semana o morador deve tirar dez minutos do seu tempo para conferir os locais que possam acumular água parada, evitando assim a proliferação do mosquito.

23 visualizações0 comentário