Buscar
  • Ricardo Welbert

Corpo de jovem de Formiga é achado à margem da MGC-369 entre Alfenas e Campos Gerais

Atualizado: 5 de mai.

Sem evidência de crime, investigação apura possível acidente sofrido por recepcionista

A recepcionista Kênia Cristine de Oliveira Castro (Foto: Reprodução de redes sociais)

A Polícia Civil afirmou nesta quarta-feira (4) que vai instaurar um inquérito policial para apurar a morte da recepcionista Kênia Cristine de Oliveira Castro, de 29 anos, da cidade de Formiga. O corpo da jovem foi encontrado horas antes à margem da rodovia MGC-369, no Sul de Minas, por familiares que procuravam por ela.


1️⃣ Participe do grupo de notícias 1 da MAIS! no WhatsApp

2️⃣ Participe do grupo de notícias 2 da MAIS! no WhatsApp


Segundo a Polícia Civil, Kênia saiu de Formiga no domingo (1º) para se encontrar com o pai do filho dela em Monte Belo, no Sul de Minas, que fica distante mais de 230 quilômetros de onde ela morava. Sem notícias da jovem, a própria família começou a fazer buscas pela estrada que liga Formiga ao município do Sul do estado.


Um irmão da jovem foi quem encontrou o corpo às margens da via, perto do povoado de Gaspar Lopes. Segundo informações da Polícia Civil, Kênia sofreu um acidente de moto após não conseguir fazer uma curva e caiu fora da pista.


Moto em que vítima estada foi achada à margem da via (Foto: PC/Divulgação)

Sem indício de crime


Ainda segundo a Polícia Civil, a perícia feita no corpo não detectou qualquer indício de outra situação que não fosse o acidente. Até porque ela passou o sábado inteiro em festas em Formiga e de um dos bares em que esteve ela saiu direto de moto para tentar chegar a Monte Belo.


Ainda segundo os investigadores, câmeras de segurança em Alfenas mostraram a vítima passando pela cidade por volta das 1h30 de segunda-feira (2). A moça desapareceu no trajeto e não foi vista nas câmeras em Campos Gerais.


Kênia Cristine de Oliveira Castro, 21 (Foto: Funerária Aliança)

Com informações do "G1"


97 visualizações0 comentário