Buscar
  • Sara Maia

Formiga tem alto risco de epidemia do Aedes aegypti

Formiga apontou alto risco de epidemia do Aedes aegypti. De acordo com o levantamento realizado entre os dias 24 e 16 de janeiro o índice da cidade é de 6,8%. Conforme o Ministério da Saúde, a taxa é considerada satisfatória quando fica abaixo de 1% e indica risco de surto quando é igual ou superior a 4%.


Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


O primeiro levantamento de 2022 foi realizado em 1.808 imóveis, entre eles residências, terrenos baldios e comércios. O mosquito é transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika.


(*) Por Sara Maia (estagiária), sob supervisão de Ricardo Welbert (jornalista)

Com informações do “G1”

1 visualização0 comentário