Buscar
  • Ricardo Welbert

Impactos da chuva em Conceição do Pará nesta terça (11)

Atualizado: Jan 12

A parte baixa de Conceição do Pará, muito próxima ao rio Pará, começou a ser desocupada nesta segunda-feira (10) por causa do alto nível do rio, consequência das fortes chuvas que castigam Minas Gerais há dias e do fluxo de água liberado por uma barragem na região.


Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


Moradores ilhados ainda estão sendo resgatados das casa nesta terça (11). O volume de água no Pará, onde deságua o rio São João, que forma a barragem, abaixou 20 centímetros nestas terça. Mas, mas continua acima do nível ideal.


Padaria é esvaziada em área de risco em Conceição do Pará nesta segunda (10) (Foto: Ricardo Welbert/Mais FM)

Rompimento de barragem


A preocupação das autoridades locais e da população aumentou com o transbordamento da represa da barragem da Usina do Carioca, localizada entre Pará de Minas e Conceição do Pará, Foi confirmada ainda uma erosão na lateral e uma fratura no duto principal.


De acordo com a Santanense, empresa responsável, a estrutura nesta terça-feira (11) foi classificada como "estável e sem rompimento". Mas, o estado de alerta continua por causa das chuvas na região.


No domingo (9) a Prefeitura de Pará de Minas recomendou que moradores dos municípios de Pitangui, Onça de Pitangui e Conceição do Pará deixassem as casas devido a possibilidade de rompimento da barragem.


Usina do Carioca na tarde de 10 de janeiro de 2022 (Foto: PMPM/Divulgação)

A barragem pertence à empresa de Tecelagem Santanense, construída para geração de energia do empreendimento. Em nota, a empresa ressaltou que não houve rompimento da barragem e que o volume de água aumentou naturalmente devido às chuvas no Estado. Apesar disso, a empresa informou que segue monitorando o local e tem um plano de ações emergências.


Trânsito


No começo da tarde, a Polícia Militar Rodoviária informou que quilômetro 221 da MG-423, entre Conceição do Pará e Pitangui, tem interdição total devido a alagamento de pista. Rio São João aproximadamente 40cm acima da ponte. Os vídeos abaixo mostram como está a situação.




Atuação das autoridades

Um posto avançado foi criado pela Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Policias Civil e Militar em Conceição do Pará para o monitoramento da barragem a cada 30 minutos.


A Defesa Civil, em parceria com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, atua na evacuação das áreas potencialmente atingidas. Técnicos do Núcleo de Emergência da Feam (Fundação Estadual do Meio Ambiente), da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e do Igam (Instituto Mineiro de Gestão das Águas) foram deslocados para a região.

"Todos os envolvidos atuam de maneira conjunta e integrada e continuarão o monitoramento de perto da situação da barragem. Foi estabelecido um gabinete de situação, localizado em Pará de Minas, que prestará as informações de forma transparente e centralizada sobre a evolução da situação na barragem do Carioca", informa a Prefeitura de Conceição do Pará.

Falta de água


A cidade continua sem água potável. Esse problema começou nesta segunda. Apesar da queda no volume dos rios, a situação segue em estado de alerta hoje, por causa do transbordamento do rio Pará e do alerta de rompimento da barragem do Carioca.


Prejuízos


A Prefeitura de Conceição do Pará informou há MAIS! que os prejuízos causados pelas atuais chuvas no município já são estimados em R$ 8 milhões.



98 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo