top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Welbert

Mãe que permitia estupro de filha de 7 anos em Pompéu é denunciada pelo MPMG

Crimes só foram descobertos depois que avô materno da menina denunciou


Sede do TJMG em Belo Horizonte (Foto: TJMG/Divulgação)

A jovem de 26 anos que entregou a própria filha de ste anos para prostituição em Pompéu e que foi presa no começo deste mês de fevereiro foi denunciada pelo Ministério Público de Minas Gerais nesta a quarta-feira (15).



Os crimes só foram descobertos depois que o avô materno da menina procurou a Polícia Civil para denunciá-los. Segundo o MP estadual, a mãe praticava a prostituição e recebia os clientes em casa, onde realizava os programas na presença da filha pequena.



Foi apurado ainda que dois clientes – um homem de 50 anos, também denunciado na mesma oportunidade, e um adolescente de 17 anos, contra quem o MP já ofereceu representação com pedido de internação provisória –, muitas vezes também abusavam da criança, na presença e com o consentimento da mãe.


Crimes


A Promotoria de Justiça de Pompéu ofereceu denúncia contra a mãe e o homem, sob responsabilidade pelos seguintes crimes:


  • Estupro de vulnerável duplamente majorado, continuidade delitiva (por mais de sete vezes).

  • Violência doméstica e familiar.

  • Associação criminosa majorada, todas em concurso material.

  • Corrupção de menores.


Também na denúncia o MPMG pediu o bloqueio de R$ 30 mil de cada um dos denunciados, como compensação pelos danos morais sofridos pela criança. A Promotoria ainda solicitou que seja decretado segredo de justiça ao processo e prioridade de tramitação.


Com informações do "G1"

36 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page