Buscar
  • Ricardo Welbert

Nova Serrana registra 74 casos de dengue em menos de uma semana

O município também tem três casos prováveis de chikungunya


Mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue (Foto: EBC/Divulgação)

Nova Serrana já registrou 1.309 casos de dengue só neste ano em 2022. Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde na terça-feira (14) mostra que foram registrados 74 casos a mais desde o boletim anterior, divulgado em 10 de junho, quando eram 1.235.


1️⃣ Participe do grupo de notícias 1 da MAIS! no WhatsApp


O município também tem três casos prováveis de chikungunya - doença que também é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Em toda o estado já foram registrados 83.808 casos prováveis (suspeito + confirmado) de dengue neste ano. Desse total, 45.624 foram confirmados para a doença, 25 mortes foram confirmadas e outros 49 óbitos ainda são investigados até o momento.


2️⃣ Participe do grupo de notícias 2 da MAIS! no WhatsApp


Em relação à febre chikungunya, foram registrados 7.381 casos, dos quais 3.438 foram confirmados. Até então não há caso de óbito confirmado por essa doença em Minas. Uma morte segue em investigação.


Quanto ao vírus zika, foram registrados 73 casos prováveis, sendo 12 confirmados para a doença.


Como prevenir


A única forma de evitar as doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti é eliminar qualquer foco de água parada no qual o mosquito possa se reproduzir. Todas as pessoas devem cuidar de suas casas e locais de trabalho de modo que consigam manter o ambiente sempre limpo e longe de qualquer possibilidade de acúmulo de água parada. O uso de repelentes e telas nas janelas, camas e berços também é sugerido.


Larvas do mosquito transmissor de doenças em água parada em casa (Foto: PMNS/Divulgação)

2 visualizações0 comentário