top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Welbert

‘Olho Vivo’ já custa quase R$ 2 milhões a Nova Serrana

Prefeitura estima investimento de R$ 400 mil por ano


Central onde as imagens das câmeras são assistidas (Foto: PMNS/Divulgação)

Quase R$ 2 milhões. Esse é o valor que Prefeitura de Nova Serrana estima já ter investido desde 2017 na operação e na manutenção do “Olho Vivo”, sistema de videomonitoramento com 31 câmaras instaladas em 18 pontos estratégicos da cidade.



De acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (6) pelo governo municipal, esse investimento fez com que a cidade saísse das primeiras posições do ranking de municípios mais violentos de Minas para se tornar referência no combate e na prevenção de crimes.


As imagens captadas pelas câmeras são analisadas em tempo real e ajudam no policiamento. Auxiliam as polícias Militar, Civil e a Guarda Municipal na busca por suspeitos. Quando as câmeras flagram algum crime, as gravações servem como provas.


A manutenção do sistema e o empréstimo de servidores para atuarem na central de monitoramento é feita pela Prefeitura, que informa um investimento de quase R$ 400 mil por ano.

Comments


bottom of page