Buscar
  • Jornalismo MAIS!

Operação combate prostituição e abuso infantil em Divinópolis e Montes Claros



Mandados de prisão e de busca e apreensão são cumpridos nesta terça-feira (26) em Divinópolis e Monte Claros durante a operação "Vidas Roubadas" de combate ao favorecimento a prostituição e exploração sexual de crianças e adolescentes.


A operação foi deflagrada pelo Gaeco (Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado) em conjunto com a Promotoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. A ação conta com o apoio da 7ª Região da Polícia Militar (RPM).


De acordo com o Gaeco, estão sendo cumpridos um mandado de prisão e 11 mandados de busca e apreensão: dez em Divinópolis e um em Montes Claros. O alvo da operação são exploradores, agenciadores, intermediadores e clientes assíduos de programas sexuais envolvendo adolescentes.


A pena para o crime é de 4 a 10 anos de reclusão. A Operação "Vidas Roubadas" conta com a participação de três promotores de justiça, seis agentes do Gaeco, dois servidores do Ministério Público, 50 policiais militares e 15 viaturas.


5 visualizações0 comentário