top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Welbert

Parte da população acredita que a dengue não existe mais, aponta pesquisa


O mosquito Aedes aegypti (Foto: Agência Brasil)

Apesar do aumento dos casos em diversas localidades do país, 31% dos brasileiros acreditam que a dengue deixou de existir. No Rio Grande do Sul, por exemplo, foram mais de 800 notificações da doença confirmadas neste ano. Em Santa Catarina, mais de 500.



Mas, um levantamento do Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria) mostra que um terço da população acredita que a dengue não provoca mais casos no país. Foram ouvidas duas mil pessoas, por telefone, durante o mês de outubro do ano passado.


Entre os entrevistados, 70% disseram que conhecem alguém que teve dengue e 30% contaram que já tiveram a doença. Mas, 8% não se lembravam de como ocorre o contágio e 4% afirmaram que a transmissão é de uma pessoa para outra - o que não é verdade.


Transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue pode provocar febre, dor de cabeça, dor atrás dos olhos ou no corpo, dor nas articulações e manchas vermelhas na pele, entre outros sintomas.


A doença é provocada por quatro tipos diferentes de vírus e em caso de suspeita da infecção viral é importante procurar uma unidade de saúde.


Com informações da "Rádio2"


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page