top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Welbert

Polícia Civil descobre um novo golpe usando o PIX


Tela inicial do serviço de PIX (Foto: EBC)

A Polícia Civil do Distrito Federal descobriu um esquema de golpes usando o PIX, sistema de pagamentos instantâneos. O crime foi descoberto pela sócia de uma loja em que os bandidos compraram alguns produtos no valor de R$ 1,1 mil. Ao verificar o comprovante da transferência, a empresária notou que o dinheiro não tinha sido creditado na conta da loja.



Os golpistas tentaram realizar outra compra, uma segunda vez, horas depois. Foi quando os funcionários, desconfiados, não autorizaram a saída da mulher até a confirmação do pagamento. Ao verificar com o banco que o dinheiro não chegou à conta da empresa, ligaram para a polícia. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime de estelionato e associação criminosa.


O delegado responsável pela investigação, Joao Ataliba, diz que os comerciantes devem tomar cuidados com a conferência dos comprovantes de transferência.


"Para não cair nesse golpe do falso PIX deve, primeiro, se certificar de que a pessoa que está apresentando o comprovante é a mesma em que consta o nome. Então você pede o documento de identificação dessa pessoa e confere se o nome que está no comprovante é realmente dessa pessoa que o está apresentando".

Outra dica do delegado é só concretizar a venda, entregar mercadoria e permitir a saída do cliente do estabelecimento após ter a certeza de que o dinheiro foi creditado na conta.


Ao suspeitar de golpes do tipo, ligue diretamente para a Polícia Civil.

29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page