Buscar
  • Jornalismo MAIS!

Preços da gasolina e do diesel dispararam nas bombas; etanol sobe menos


Em algumas regiões, gasolina está ainda mais cara (Foto: Agência Brasil)

Os preços da gasolina e do diesel dispararam nas bombas do Brasil. A alta já é reflexo do reajuste feito na semana passada pela Petrobras no preço de revenda dos combustíveis às refinarias.


De acordo com levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o preço médio da gasolina comum no país saltou de R$ 6,58 entre o fim de fevereiro e começo de março, para R$ 6,68 na semana entre os últimos dias 6 e 12. Uma diferença de 10 centavos no preço médio.


Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


No entanto, tem brasileiro pagando bem mais que isso. O preço máximo encontrado nos postos monitorados pela ANP foi de R$ 8,77, mas há registros no Acre, por exemplo, de postos onde o litro da gasolina já custa R$ 11.


Também está pesando cada vez mais no bolso o preço cobrado pelo litro do diesel. Na média, segundo a ANP, o litro do combustível dos caminhões saltou de R$ 5,60, na semana retrasada, para R$ 5,81, na semana passada. Alta de 21 centavos no preço médio.

O maior valor cobrado pelo diesel encontrado pela agência foi de R$ 7,57 e o caminhoneiro que encontrou o combustível mais barato pagou R$ 4,99 pelo litro.


Já o etanol foi, dos 3, o combustível que menos variou na semana passada. O preço médio do litro ficou em R$ 4,65, 3 centavos a mais do que os R$ 4,62 cobrados na semana imediatamente anterior.


Lembrando que, como rende menos, o etanol só vale a pena quando custa até 70% do valor da gasolina.


Um cálculo simples pode te ajudar na hora de abastecer o taque: é só dividir o preço do etanol pelo preço da gasolina. Se o resultado for menos que 0,7, compensa colocar etanol. Se o valor for superior, o melhor é optar pela gasolina.


Com informações da "Rádio2"

9 visualizações0 comentário