Buscar
  • Ricardo Welbert

Quase 77% das famílias estavam endividadas em fevereiro; 27% têm dívidas em atraso


Inadimplência dos brasileiros também subiu (Foto: EBC)


Sete em cada dez famílias têm dívidas a vencer, seja no cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, em carnê de loja, empréstimos ou financiamentos. É o que revelam os dados mais recentes da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).


Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


O percentual de famílias endividadas avançou meio ponto percentual na passagem de janeiro para fevereiro, chegando a 76,6%. Há um ano, para comparação, o percentual era menor: beirava 67%.


A inadimplência dos brasileiros também subiu. O percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso alcançou o maior patamar desde março de 2010, atingindo 27% do total de famílias - alta de 0,6 ponto percentual, em relação a janeiro, e de 2 pontos percentuais e meio, quando a comparação é com fevereiro do ano passado.


Além disso, a pesquisa mostrou que mais famílias declaram não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e, portanto, permanecerão inadimplentes. Aumentou 0,4 ponto percentual entre janeiro e fevereiro, chegando a 10,5%, o mesmo percentual registrado um ano antes.


Entre os inadimplentes, o tempo médio de atraso na quitação das dívidas é de 62,4 dias, mas 43 em 100 famílias inadimplentes devem há mais de 90 dias, a maior quantidade desde janeiro do ano passado.


2 visualizações0 comentário