top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Welbert

Recursos do pré-sal rendem mais de R$ 18 milhões ao Centro-Oeste mineiro

Verbas poderão ser investidas em educação, saúde e obras de infraestrutura; VEJA LISTA DE CIDADES

Valores poderão ser investidos na educação, saúde e obras de infraestrutura (Foto: Alexandre Gentil/Petrobras)

Mais de 40 municípios do Centro-Oeste de Minas receberam em duas parcelas, sendo a última creditada nesta terça-feira (24), repasses do Governo Federal no valor total de R$ 18.792.103,17. A verba é relativa à arrecadação dos campos de Sépia e Atapu, no pré-sal.


O pré-sal é uma sequência de rochas sedimentares formadas há mais de 100 milhões de anos no espaço geográfico criado pela separação dos atuais continentes Americano e Africano. Tecnicamente, é a terceira camada abaixo do nível do mar, sob as camadas de pós-sal e sal.



O repasse da primeira parcela ocorreu na sexta-feira (20) e a segunda parcela foi creditada nesta terça. Os recursos poderão ser investidos na educação, saúde e obras de infraestrutura.


No documento apresentado pelo Ministério de Minas e Energia, Divinópolis, por exemplo, aparece com o maior repasse, no total de R$ 2.279.077,13. Nova Serrana aparece com R$ 1.204.76,30.


Repasses aos municípios da região


Confira a lista de municípios e seu respectivo valor recebido.


Abaeté: R$ 395.031,56

Araújos: R$ 200.046,38

Arcos: R$ 901.932,25

Bambuí: R$ 506.286,13

Bom Despacho: R$ 774.281,04

Camacho: R$ 171.378,66

Candeias: R$ 320.941,78

Carmo da Mata: R$ 244.942,75

Carmo do Cajuru: R$ 379.456,10

Carmópolis de Minas: R$ 384.928,76

Cedro do Abaeté: R$ 166.135,21

Cláudio: R$ 506.262,87

Conceição do Pará: R$ 245.407,07

Córrego Danta: R$ 182.888,58

Divinópolis: R$ 2.279.077,13

Dores do Indaiá: R$310.363,75

Estrela do Indaiá: R$ 176.137,97

Formiga: R$ 854.176,53

Igaratinga: R$ 297.048,49

Iguatama: R$ 255.594,86

Itapecerica: R$ 390.696,44

Lagoa da Prata: R$ 838.961,53

Leandro Ferreira: R$ 171.979,54

Luz: R$ 412.133,49

Maravilhas: R$ 195.246,58

Martinho Campos: R$ 300.225,45

Moema: R$ 185.984,07

Morada Nova de Minas: R$ 240.973,50

Nova Serrana: R$ 1.204.76,30

Oliveira: R$ 610.188,42

Onça de Pitangui: R$ 180.973,04

Pains: R$ 293.829,31

Papagaios: R$ 334.028,04

Pará de Minas: R$ 1.296.528,09

Passa Tempo: R$ 299.944,81

Pedra dó Indaiá: R$ 188.433,57

Pequi: R$ 180. 867,58

Perdigão: R$ 256.886,94

Pimenta: R$ 217.285,66

Pitangui: R$ 435.530,50

Piumhi: R$ 93.710,39

Pompéu: R$ 603.623,63

Quartel Geral: R$ 181.245,83

Santo Antônio do Monte: R$ 450.974,32

São Francisco de Paula: R$ 185.971,49

São Gonçalo do Pará: R$ 258.746,17

São Sebastião do Oeste: R$ 271.049,36

Serra da Saudade: R$ 171.377,64

Tapiraí: R$ 173.257,49

Total: R$ 18.792.103,17


Com informações do "G1"

Comments


bottom of page