top of page
Buscar
  • Foto do escritorRicardo Welbert

Remetente de ameaça à vereadora Lohanna França (PV) é o mesmo de contato do deputado Cleitinho (PSC)

Atualizado: 13 de out. de 2022

Ataques a Lohanna afirmam que 'seus dias estão contados'; Cleitinho nega envolvimento


Lohanna França mostra boletim de ocorrência que registrou junto à Polícia Civil (Foto: Divulgação)

A Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Cibernéticos, em Belo Horizonte, abriu um procedimento para investigar ameaças recebidas pela vereadora de Divinópolis e deputada estadual eleita, Lohanna França (PV). As mensagens foram enviadas a ela de um endereço de e-mail divulgado pelo ex-vereador de Divinópolis, atualmente deputado estadual e senador eleito por Minas, Cleitinho Azevedo (PL). (Veja abaixo a posição de Cleitinho)



Nesta terça-feira (11) Lohanna registrou um, boletim de ocorrência policial após receber o e-mail com ameaças. Na mensagem constam dizeres como seus dias estão contados” e “vagabunda”. (Veja mais abaixo outros detalhes)


Além de a mensagem ter sido enviada do e-mail que consta no Facebook de Cleitinho, o nome do deputado estadual e senador eleito também é usado para assinar a mensagem. No meio do texto chega a se referir ao também vereador e deputado estadual eleito, Eduardo Azevedo (PSC).


“O covarde usou o nome de outro político para me ameaçar: o senador eleito, Cleitinho (que, imagino, não esteja por trás disso), e se referiu aos eleitores do Lula como 'animais nordestinos de cabeça chata, nojentos, travecos' e 'sub-raça de burros comedores de rapadura com farinha', disse Lohanna.

O endereço de e-mail usado para enviar as ofensas e ameaças a Lohanna é o mesmo que a página oficial de Cleitinho informava como meio de contato com ele no Facebook, conforme o print abaixo, feito e divulgado pela vítima dos ataques. Após a divulgação, o endereço foi removido do perfil do deputado estadual e senador eleito.


Print feito pela vereadora em página de deputado estadual mostra mesmo e-mail que a enviou ameaças (Foto: Reprodução)

Lohanna divulgou um print da mensagem que recebeu, que mostra que a conta de e-mail com domínio Hotmail era "cleitinhoazevedo17@hotmail.com", a mesma que até então aparecia no perfil de Cleitinho, conforme mostra a imagem acima.


Teor do e-mail


O e-mail, com data de domingo (9) direciona ofensas à deputada federal Gleisi Hoffmann (PT). Se apresentando como fosse Cleitinho, ainda fala em caixa dois, compra de voto e fake news para elegê-lo. Se refere aos nordestinos como “cabeça chata” e que são “tão nojentos quanto os pretos, viados e sapatões". O e-mail segue falando em reforma política e “golpe”.

Cópia da mensagem enviada a Lohanna pelo endereço de e-mail divulgado por Cleitinho foi anexada ao processo (Foto: Divulgação)

Cleitinho nega relação


Lohanna disse que o colega de Divinópolis entrou em contato com ela por telefone após a divulgação do registro para dizer que não tem relação com a ameaça que ela recebeu. Lohanna afirmou que pediu a Cleitinho que entregue o sigilo dos dados dele à Polícia Civil, para ajudar nas investigações. Ainda segundo Lohanna, ele disse que iria pensar na possibilidade.



Em nota à imprensa, Cleitinho nega envolvimento com o envio do e-mail.


“O deputado estadual e senador eleito Cleitinho informa que não enviou e-mail para nenhum candidato eleito e que está buscando todos os meios legais para punir quem está divulgando fake news envolvendo seu nome”, diz a nota.

Em nota à imprensa, a assessoria do senador eleito Cleitinho Azevedo afirmou que o endereço de e-mail que consta no remetente da mensagem foi criado por um terceiro e que não faz parte das contas administradas por ele. A assessoria acrescentou que esse e-mail que enviou a mensagem é de algum impostor.


Deputado estadual Cleitinho Azevedo nega envolvimento nos ataques a Lohanna França (Foto: ALMG/Divulgação)

Com informações de "O Tempo" e "Portal Gerais"

コメント


bottom of page