Buscar
  • Ricardo Welbert

Terceirizada da Copasa descartou asfalto em local proibido, diz Prefeitura de Bom Despacho


Imagens mostram operários pegando asfalto com pá e jogando em caminhão (Foto: PMBD/Divulgação)

A Prefeitura de Bom Despacho afirma que funcionários de uma empresa que presta serviços à Copasa foi flagrada por fiscais municipais do meio ambiente enquanto descartavam restos de asfalto em um local proibido. O flagrante teria sido feito em 2 de fevereiro no bairro Santa Marta, mas só foi divulgado nesta quarta-feira (24).


Participe do grupo de notícias da MAIS! no WhatsApp


De acordo com o gerente da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Tiago Freitas, os funcionários da empresa foram orientados sobre como deveriam proceder para o descarte correto dos detritos e recolheram os resíduos. Afirmou ainda que a Copasa foi notificada da falha.


A Secretaria de Meio Ambiente informa que para descartar resíduos de construção civil é necessária uma autorização, expedida pela pasta. Em seguida, o descarte deve ser feito no aterro controlado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O local funciona também aos sábados, das 8h às 12h.


Posição da Copasa


A Copasa confirmou que as pessoas fotografadas no Santa Marta são de uma empresa prestadora de serviço terceirizada e não empregados da companhia. “O veículo que aparece nas fotos também não é de propriedade da Copasa”, destaca.


A companhia reforça que apura se a denúncia procede e, caso confirme isso, adotará medidas. “A Copasa informa ainda que ainda não recebeu nenhuma notificação formal da Prefeitura”, finaliza.


Com informações do "G1"

5 visualizações0 comentário